Arquivo de julho, 2008

O Senado aprovou na madrugada desta quinta-feira (10/07) o projeto de lei substitutivo proposto pelo senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) que tipifica e criminaliza diferentes tipos de ação criminosa em redes privadas ou públicas de computadores.

A nova lei tipifica e estabelece a punição para crimes eletrônicos como criação e a propagação de vírus, phishing, invasões de redes, acesso e divulgação indevida de dados e pedofilia.

Saiba quais são os principais pontos previstos na atual versão do projeto*:

Acesso não autorizado
Punição para o acesso, mediante violação de segurança, de redes de computadores, dispositivos de comunicação ou sistemas informatizados, protegidos por expressa restrição de acesso.
Na prática: pune invasões a sistemas
Pena: de um a três anos de reclusão e multa.

Transferência não autorizada
Torna ilegal obter ou transferir dados sem autorização do titular da rede, dispositivo ou sistema, protegidos por expressa restrição de acesso.
Na prática: pune quem invade o sistema e se apropria de dados
Pena: De um a três anos de reclusão e multa.

Leia outras propostas no link abaixo.

Leia matéria completa aqui

Fonte: ComputerWorld

Anúncios

Redes e Servidores LinuxO livro Redes e Servidores Linux vendeu nada menos do que 8.000 exemplares entre 2006 e 2007, o que pode ser considerado um grande sucesso dentro do ramo de livros técnicos no Brasil, onde a maioria dos títulos são lançados com tiragens de mil ou dois mil exemplares. Ele é um guia rápido sobre cabeamento de redes e sobre a configuração de servidores Linux, incluindo tanto servidores de rede local, quanto servidores de Internet.
Por ter sido lançado em 2006, muitos dos tópicos do livro podem ser considerados desatualizados (os tópicos sobre a instalação de servidores no Debian, por exemplo, ainda se aplicam ao Debian Sarge, por exemplo), mas você pode encontrar informações mais atualizadas nos livros Redes, Guia Prático e Servidores Linux, Guia Prático, que são seus sucessores.

Descrição do livro:

Configurar redes e servidores Linux continua sendo mais fácil do que parece :). Nesta segunda edição, o livro recebeu uma grande quantidade de atualizações. Novos tópicos passaram a ser abordados e outros foram aprofundados e atualizados, resultando num livro bastante técnico e detalhado, mas ainda assim muito didático e fácil de acompanhar.

Embora este não seja um livro para leigos, os temas são explorados com um nível crescente de dificuldade, começando pelos conceitos mais básicos, como cabeamento e configuração da rede, passando pela configuração de redes wireless, segurança, configuração de placas wireless e modems no Linux, TCP/IP e outros temas, até chegar no assunto principal, que é a configuração de servidores Linux.

Se você é um usuário avançado, os capítulos iniciais permitem que você relembre diversos conceitos e tire suas dúvidas. Se você é um iniciante, eles servem como um bom ponto de partida, permitindo que você acompanhe sem dificuldades o restante do livro.

LEIA ON-LINE AQUI

Autor: Carlos E. Morimoto

Fonte: Guia do Hardware

GIMPzine 8 – Já disponível

Publicado: 06/07/2008 por Robert Lucas em Eu recomendo, Linux, Windows
Tags:, , , ,

GimpZine 8Já está disponível para download a 8ª edição da GimpZine. Um ótimo zine direcionado ao programa gráfico Gimp, com muitas dicas úteis e curiosidades interessantes que vão ajudá-lo em seu dia-a-dia com o Gimp.

Para quem ainda não conhece o Gimp – o que acho difícil, porém pode acontecer né – ele é um aplicativo gráfico, para trabalhar com imagens, concorre hoje com o Photoshop.

Saiba um pouco mais sobre o Gimp clicando aqui.

Confira abaixo o link para download de todas as edições da GimpZine

Edição 08 – Download aqui
Edição 07 – Download aqui
Edição 06 – Download aqui
Edição 05 – Download aqui
Edição 04 – Download aqui
Edição 03 – Download aqui
Edição 02 – Download aqui
Edição 01 – Download aqui
Edição 00 – Download aqui

Glider: Símbolo da ética Hacker!

Publicado: 04/07/2008 por Robert Lucas em Curiosidade
Tags:, , ,
Simbolo da ética hacker

Glider: Simbolo da ética hacker

O que é Hacker:

Originário do inglês, o termo é comumente utilizado no português sem modificação. Os hackers utilizam toda a sua inteligência para melhorar softwares de forma legal. Os hackers geralmente são pessoas autodidatas e com alta capacidade mental (chamados de programadores extraordinários). Além da maioria dos hacker serem usuários avançados de Software Livre como o Linux. Vale a pena mencionar que a verdadeira expressão para invasores de computadores é denominada cracker e o termo designa programadores maliciosos e ciberpiratas que agem com o intuito de violar ilegal ou imoralmente sistemas cibernéticos.

Objetivo do símbolo:

Este emblema glider tem como objetivo informar a todos que você está se associando a cultura hacker (consulte a ética hacker ao final deste texto). Isso não significa exatamente que você seja um hacker, este é um título de honra que deve ser conferido pelos outros e não auto-assumido (você não deve se auto-intitular um hacker).

Ao utilizar este símbolo, você expressa a sua simpatia e admiração pelas pessoas que utilizam o conhecimento para ajudar as pessoas e contribuir para um mundo melhor.

Pois em 2009 o número de vírus de computador ultrapassará a marca de 1 milhão de praga virtuais. Se todos os agentes antivírus fossem substituído pelo FightAids será que não teríamos um avanço significativo na cura da AIDS?

Para quem desconhece, FightAids é um projeto onde podemos usar o tempo ocioso dos nossos computadores no auxílio do descobrimento de novas potenciais drogas moleculares que ajudaram no combate do H.I.V.

Pessoas que gostam de se exibir de maneira nada criativa utilizando o conhecimento para roubar senhas, prejudicar o próximos, obter informações não autorizadas “NÃO DEVEM UTILIZAR ESTE EMBLEMA”!

Widgets: você sabe o que é isso?

Publicado: 04/07/2008 por Robert Lucas em Curiosidade, Tecnologia

Seguindo a idéia da Jojo de falar sobre coisas que ouvimos todos os dias, mas nem sempre sabemos o que é, vou hoje dispor um texto do WNews falando sobre Widgets, você sabe o que é? Se não, fique sabendo agora.

“Você já ouviu falar em widget? Com certeza essa palavra engraçada não é totalmente estranha, mas poucos sabem de fato o seu significado por causa da sua diversidade de aplicações.

Na realidade, não existe uma definição fechada sobre o que é de fato um widget – justamente por eles ainda serem novidade –, mas pode-se dizer que essas ferramentas são pequenos aplicativos ou scripts de internet criados para exercer uma tarefa específica que têm uma vasta gama de utilizações possíveis.

Os widgets vêm em dois formatos básicos diferentes: os web widgets, que usam linguagem javascript ou flash para funcionar direto do navegador; e os desktop widgets, que o usuário precisa instalar no computador.”

Leia matéria completa aqui.

Fonte: WNews