Desenvolvedores ampliam capacidades de telefones baseados em Linux

Publicado: 17/10/2007 por Robert Lucas em Celular, Linux

Nove meses depois do lançamento oficial, desenvolvedores australianos já estão buscando a ampliação das capacidades do primeiro telefone celular não proprietário, baseado em Linux.

O OpenMoki foi oficialmente lançado no começo do ano em parceria com a fabricante taiwanesa First International Computer (FIC). No final deste mês, a National ICT Australia (NICTA) se uniu a Open Kernal Labs (OK) e a Fluffy Spider Technologies (FST) e anunciou a disponibilidade do OKL4 para o smart phone OpenMoko Neo 1973, da FIC, adicionando o FancyPants da FST à plataforma GUI (graphical user interface).

Este é o primeiro produto que surge depois do desenvolvimento conjunto assinado pela OK e pela FST em 25 de julho deste ano. O sistema operacional de padrão aberto microkernel, da OK, está desenhado para oferecer alto desempenho com o foco em virtualização, programação em tempo real, segurança e componentes de software para o aumento do isolamento de falhas.

Leia matéria na íntegra aqui.

Fonte: Computerworld

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s